Retenha seus Talentos de TI

Retenha seus Talentos de TI

Com o crescimento tecnológico e industrial, empresas de diversos setores do país passaram a investir tanto em tecnologia, quanto na contratação de profissionais qualificados. No entanto, encontrar novos talentos de TI pode ser difícil. Contudo, muitas instituições acreditam que, no mercado competitivo no qual nos encontramos atualmente, é muito mais difícil mantê-los do que encontrá-los. Mas o que exatamente define um talento? E por que eles são tão importantes para as empresas?

Publicado por Revista TI NE

Para Rita de Cássia, Diretora Executiva da Talentos IT Human Resources e especialista em recrutamento de profissionais que atuam exclusivamente na área de Tecnologia da Informação, um talento é aquele que consegue se adaptar facilmente frente aos desafios, aliando competência técnica e inteligência emocional. Além disso é hábil, experiente, competente em sua área de atuação e é reconhecido pelos seus resultados. O seu potencial, a alta produtividade e o valor que agregam ao negócio, bem como sua capacidade
intelectual são indispensáveis para empresas que procuram crescimento “Na minha opinião, o talento é como um diamante lapidado: raro, valioso e difícil de ser encontrado. Por isso é importante retê-lo”, diz.

O QUE OS TALENTOS ESPERAM DAS EMPRESAS?
Segundo a especialista, as empresas que mais demandam por esse tipo de profissional são as startups que atuam no desenvolvimento web e mobile e as que buscam talentos proativos, comprometidos, auto gerenciáveis, comunicativos e criativos.

Para manter um bom profissional, no entanto, é necessário muito mais do que ter uma boa estrutura empresarial. O CEO e cofundador da IguanaFix, Matias Recchia, afirma que não existe uma fórmula mágica “Se há uma coisa que eu
posso dizer é que o mais importante em reter talentos é fazer com que as pessoas se sintam valorizadas. Há muitas maneiras de fazer isso, seja com reconhecimento público, recompensas monetárias ou apenas tomar o tempo para ter conversas frente a frente. Como em outros aspectos da vida, todos nós gostamos de nos sentir respeitados e relevantes”, diz. Para Rita de Cássia
é importante, também, ter uma cultura ágil, com metodologia que reflita maior confiança, proporcionado liberdade e flexibilidade. “Os talentos estão em busca de um conjunto-da-obra: tecnologia de ponta, ambiente agradável, flexibilidade,
reconhecimento, desafios, boa remuneração e oportunidade de crescimento pessoal e profissional”, comenta Rita.

5 DICAS PARA RETER SEU TALENTO

APROXIME-O DA MARCA
Os profissionais sempre dão preferencias às empresas que oferecem os melhores salários. Contudo, o que os mantêm é a empatia que sentem com
as marcas. Para isso, passe a cultura da empesa adiante e explique a história
e o propósito da instituição, sempre comente sobre a importância de cada
profissional para o progresso e para a obtenção dos bons resultados.

ENTENDA AS PERSONALIDADES
Hiperativos, calmos, extrovertidos, introvertidos, concentrados, desorganizados. Uma equipe é composta por pessoas com personalidades diversas. Assim, é fundamental ouvir, observar e analisar cada profissional contratado. Isso lhe oferecerá um bom material para que possa entender cada personalidade e saber trabalhar com cada um dos talentos.

INVISTA NO PROFISSIONAL
Invista na capacitação técnica e comportamental do seu profissional.
Estimule-o a participar de eventos. Criar grupos para troca de conhecimentos.
Isso irá mantê-lo sempre atualizado e interessado pelos rumos da empresa.
Fazer o acompanhamento periódico também é fundamental.

DESAFIE-OS
Mantenha-os engajados e crie oportunidades para que possam desenvolver suas habilidades. Demonstre que eles são importantes para a organização e provoque-os para que possam apresentar grandes resultados.

RECONHEÇA O TRABALHO
Faça gestão dos talentos, posicionando os com feedbacks positivos, reconhecimento financeiro e social de acordo com seus resultados, proporcionando crescimento pessoal e profissional. O que mais desestimula
um bom profissional é a falta de reconhecimento. Um ambiente com pressão e cobranças excessivas, críticas sem avaliação do contexto, falta de empatia, falta de flexibilidade e de oportunidade para crescimento também compromete o emprenho dos talentos.

4

4

comentários

Deixe um comentário